A Serpente e o Vagalume

Alguns teólogos acreditam que a inveja é um demônio. Bem, o que eu digo é que se não for propriamente um demônio, ela é uma ferramenta muito bem afiada por ele.

Um dia desses recebi um texto muito interessante.

Trata-se de uma fábula cujo autor da idéia não foi citado, por ser desconhecido. Porém, me parece que é um dos escritos do fabulista francês “La Fontaine” (1621 /1695).

A história fala da perseguição que uma serpente faz a um inofensivo vagalume.

Cansado de fugir dos ataques do réptil, o inseto luminoso pergunta se pode fazer-lhe 3 perguntas. A serpente responde positivamente e acrescenta que, depois das perguntas, o devoraria de qualquer jeito.

Então, o vagalume queixa-se:

– Fiz algum mal a você?

– Sssss “não”.

– Faço parte do seu cardápio de alimentação diária?

– Sssss “não”.

Diante disso, reclamou o vagalume:

– Quero fazer-lhe só mais uma pergunta: por que você deseja acabar comigo?

Esclarecendo o verdadeiro motivo da caçada, a cobra lhe responde:

– É que eu não suporto ver você brilhar!

Moral da história: ”A inveja é a causadora de muitos males.”

Maria Joseny (Josa) – Pascom Diocesana

Comentários fechados.