Armazenar para conviver

“Armazenar para conviver” é uma estratégia fundamental para enfrentar o período de estiagem na região semiárida. Foi a partir deste princípio que a Ação Social Diocesana de Patos (ASDP) através Programa de Promoção e Ação Comunitária (PROPAC), desenvolveu em parceria com os agricultores e agricultoras de Santana dos Garrotes-PB e São José do Sabugi –PB, oficinas de armazenamento de forragem por meio da produção de silagem.

Silagem é o produto resultante da fermentação anaeróbica de plantas forrageiras picadas e acondicionadas em silos. Este processo de produção de silagem denomina-se ensilagem e quando feito adequadamente, seu valor nutritivo é semelhante ao da forrageira verde. O processo de ensilagem deve ser feito com a planta cortada na época certa, enchendo-se o silo, de forma a compactar a massa verde picada e, por último, a vedação do local de armazenamento, que é um fator fundamental para que se tenha bom resultado com o processo.

As atividades referentes às oficinas foram realizadas nos dias 16/17 de junho em Santana dos Garrotes, e no dia 19 de junho no Município de São José do Sabugí. Em média 30 agricultores e agricultoras participaram das três oficinas.

Além das oficinas que já foram realizadas o PROPAC ainda realizará mais duas outras atividades nas Comunidades Aroeiras e Curral Velho nos dias 26 e 30 de junho respectivamente.“O processo de Estocagem é muito importante. Pois, garante alimentação para os animais e facilita demais a vida do agricultor no período de estiagem.” Destacou Iranildo Garcia, agricultor participante da oficina.

ASDP – Patos

Comentários fechados.