Catedral Diocesana celebra a solenidade da Ceia do Senhor

A solenidade da Ceia do Senhor, na quinta-feira santa dá início ao Tríduo Pascal, recordando os gestos de amor de Jesus na instituição da Eucaristia, se fazendo alimento vivo em nosso meio; e o lava-pés, como sinal de serviço e doação deixados pelo próprio Cristo.

O padre José Ronaldo Marques, presidiu a solenidade, revestindo-a de tamanha simbologia, numa expressão nítida de fé.

Após a Proclamação do Evangelho, aconteceu o Lava Pés, um gesto concreto de solidariedade e humildade, mostrando-nos a simplicidade como forma de serviço a todos irmãos e irmãs. Neste ano, 13 mães que tem crianças assistidas pela pastoral da criança em nossa paróquia, foram convidadas para terem os seus pés lavados, revivendo o gesto de Jesus com seus discípulos.

Em sua homilia, o padre Ronaldo destacou o serviço como prova de amor e doação aos irmãos. A Eucaristia deve ser um memorial permanente da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo que se atualiza em cada missa. Também enfatizou a importância do Corpo e Sangue de Cristo na vida de cada cristão batizado.

A missa da Ceia do Senhor culminou com a transladação do Santíssimo Sacramento em procissão, saindo da Igreja Catedral até a capela do colégio Cristo Rei, onde aconteceu a Vigília Eucarística.

A celebração foi encerrada sem a benção final, pois trata-se de uma única celebração acontecendo durante 3 dias.

Texto: Martinho Vieira e Denis Candeia

Foto: Wiviane Felix

(Pascom Catedral)

Comentários fechados.