D. Manoel – Ata de Posse

ATA DE POSSE DE DOM MANOEL DOS REIS DE FARIAS,

TERCEIRO BISPO DE PATOS

 

No dia primeiro de dezembro do ano de Nosso Senhor Jesus Cristo de dois mil e um, no Estádio Municipal José Cavalcanti da cidade de Patos-PB, às dezoito horas, aconteceu a solene posse do Exmo. Revmo. Sr. Dom Manoel dos Reis de Farias, na função de 3º Bispo Diocesano de Patos. A Celebração Eucarística da referida posse contou com a presença de treze Bispos, incluindo, o Excelentíssimo Senhor Dom Marcelo Pinto Cavalheira, Arcebispo Metropolitano da Paraíba e vice-presidente da CNBB;  Dom Gerardo Andrade Ponte, Administrador Apostólico desta Diocese e transmissor da posse; sessenta e cinco presbíteros presentes, do presbitério desta Diocese, religiosos, religiosas, autoridades civis e militares, seminaristas e grandiosa representação do laicato católico. A celebração litúrgica teve início com cortejo, que saiu da Matriz de Nossa Senhora de Fátima até o referido Estádio, sendo abrilhantado pela queima de fogos. Após a chegada dos ministros sagrados ao Altar da Celebração, da saudação aos presentes feita pelo Exmo. Sr. Dom Gerardo de Andrade Ponte, que recebeu, na ocasião, a calorosa homenagem de gratidão de nossa Diocese através da palavra inspirada do Revmo. Sr. Pe. Maurício Sandro de Lima Mota, enaltecendo as realizações do nosso insigne pastor, durante o tempo de sua abençoada missão à frente da nossa Diocese, seguiu-se, então o rito da posse do Exmo. Revmo. Sr. Dom Manoel dos Reis de Farias na importante missão de 3º Bispo Diocesano de Patos. Foi feita a leitura das Letras Apostólicas pelo Revmo. Sr. Pe. Albertino de Souza Barreiros e a apresentação das referidas Letras ao Colégio dos Consultores Diocesanos pelo novo Bispo, que, em sequência, assumiu solenemente a Cátedra desta Diocese, em meio as calorosas aclamações de todos os presentes. Foi cantado o Hino especial de acolhida ao Bispo empossado, seguindo-se a apresentação do seu brasão, com o lema: “Servire in unitate” e o ato de obediência dos presbíteros ao novo Bispo que, no momento, foi saudado pelo Revmo. Sr. Pe. Luciano Dias de Morais, em nome do clero, que afirmou: “Queremos caminhar, sobretudo, como irmãos que se amam e se estimam. Sua presença entre nós é um sinal desta unidade”. Então houve os cumprimentos do clero diocesano de Patos ao novo Bispo. Houve também o significativo momento da apresentação das pastorais e movimentos desta Diocese. Foram apresentados ao novo Bispo os cumprimentos das religiosas, dos agentes de pastorais e movimentos, representados por um casal; do Poder Executivo Estadual e dos municípios existentes nesta Diocese, na presença do Exmo. Prefeito de Patos Sr. Dinaldo Medeiros Wanderley; do Poder Legislativo Estadual, na pessoa da Sra. Francisca Mota e do Legislativo dos Municípios, na pessoa do Sr. Petrônio Lucena Barbosa; e por fim, dando prosseguimento a solenidade foi retomado o rito normal da celebração da Santa Missa. O setor social da Diocese animou de forma bem significativa o rito de entrada e acolhida da Palavra de Deus. Na sua homilia, o novo Bispo enfatizou as metas e esperanças de sua importante missão de construir a unidade entre nós. No ofertório, houve as representações das paróquias da Diocese, com suas bandeiras e estandartes e a presença da Banda de Pífano. Nos ritos finais da Celebração Eucarística, foi cantado o Te Deum de ação de graças, seguindo-se os agradecimentos finais e do canto de Nossa Senhora da Guia. E para constar, lavrei a presente ata que depois de lida e aprovada, será assinada por quem é de direito.

 

Pe. Severino Alencar Leite – Secretário Ad. Hoc.

Gerardo Andrade Ponte – Bispo Emérito de Patos

Marcelo Carvalheira – Arcebispo da Paraíba

Matias Patrício de Macedo – Bispo de Campina Grande

José Gonzales Alonso – Bispo de Cajazeiras

Adriano Ciocca Vasino – Bispo de Floresta

Genival Saraiva de França – Bispo de Palmares

Luiz Gonzaga Pepeu – Bispo de Afogados da Ingazeira

Jorge Tobias de Freitas – Bispo de Nazaré da Mata

José Freire Neto – Bispo de Mossoró

Jaime Vieira Rocha – Bispo de Caicó

Francisco Austregésilo – Bispo Emérito de Afogados

Paulo Cardoso da Silva – Bispo de Petrolina

Pe. Expedito Caetano da Silva

Pe. Luciano Dias de Morais

Pe. Paulo Jackson Nóbrega de Sousa

Pe. Josenildo Nunes de Oliveira

Pe. Francisco das Chagas Silva

Pe. José Ronaldo Marques da Costa

Manoel dos Reis de Farias – Bispo de Patos