Dom Eraldo: ministerialidade na Igreja e protagonismo dos leigos

Cidade do Vaticano (RV) – Amigo ouvinte, na edição de hoje do quadro semanal “Nova Evangelização e Concílio Vaticano II” concluímos a participação do bispo da diocese paraibana de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, que esteve conosco estes dias neste espaço de formação e aprofundamento e a quem muito agradecemos pela preciosa contribuição.

A presente edição dá continuidade à precedente, na qual, após ter-nos falado sobre os avanços na caminhada da Igreja na esteira do Concílio ecumênico Vaticano II, falou-nos sobre algumas dificuldades para uma maior implementação deste.

Dom Eraldo evidenciou a necessidade de superar o clericalismo apontando este como sendo ainda um grande empecilho para adesão total, plena, às intuições conciliares.

Nesta linha, prosseguindo suas considerações, na edição de hoje o bispo desta Igreja particular do sertão da Paraíba diz-nos que outro ponto sobre o qual se precisa trabalhar mais diz respeito à questão ministerial – que já seria um desdobramento dessa superação do clericalismo e destaca que o tão pedido e propalado “protagonismo dos leigos” não é algo novíssimo.

Dom Eraldo chama a atenção para isso ressaltando que já de há muito essa questão vem sendo tratada e que precisamos dar passos nessa direção.

Fonte: br.radiovaticana.va

.

Comente