Dom Eraldo reflete sobre o Discernimento das Fragilidades na Família

Em sua reflexão Semanal  no JCTV  da Rede Vida de Televisão , nesta quarta feira, (29), o Pastor Diocesano, Dom Eraldo, retomou a reflexão a partir da Exortação Pós – Sinodal  do Papa Francisco, Amoris Laetitia sobre o Amor na Família.

É preciso usar o discernimento nas situações chamadas irregulares. Discernir nestes casos é o ideal Cristão.É preciso analisar concretamente a realidade e as dificuldades pelas quais passam a Família e consequentemente a Juventude. Somos chamados a tocar as feridas, as marcas dolorosas e as diferentes situações de fragilidade ou imperfeição.

Dom Eraldo afirma que o Sínodo referiu-se a duas lógicas que percorrem toda a história da Igreja: marginalizar e reintegrar. (…) O caminho da Igreja, desde o Concílio de Jerusalém em diante , é sempre o de Jesus: O caminho da misericórdia e da reintegração.(…) o caminho da Igreja é o de não condenar eternamente ninguém; derramar a misericórdia de Deus  sobre todas as pessoas que a pedem  com o coração Sincero(…).

A lógica da integração  constitui a chave do  acompanhamento pastoral , para que aqueles que estão fragilizados não somente saibam  pertencer ao Corpo de Cristo que é a Igreja, mas possam fazer uma experiência feliz e fecunda da mesma.
… É necessário  discernir  quais das diversas formas  de exclusão atualmente  praticadas nos  âmbitos litúrgico, pastoral, educativo e institucional , podem ser superadas.
À Luz da Exortação Apostólica Pós – Sinodal sobre o Amor na Família

Luz da Reflexão Semanal de Dom Eraldo Bispo da Silva
Maria Joseny (Josa) – Pascom Diocesana.

Comentários fechados.