Dom Eraldo visita Seminaristas em Belo Horizonte

A Diocese de Patos, neste ano de 2014, tem oito seminaristas cursando a Teologia, no Instituto de Filosofia e Teologia D. João Resende Costa (PUC Minas), na capital mineira. O processo da formação teológica está constituído assim: no 1º ano: Antônio Filho, Daniel, Dartagman e Marcones, no 2º ano: Edvan, Hugo, Josivam e Lucivaldo (Diocese de Patos) e no 3º ano: Jailson Oliveira (Diocese de Iguatu-CE). No geral, somos nove seminaristas e o nosso formador: Pe. Paulo Jackson Nóbrega de Sousa.

Nestes últimos dias (09, 10 e 11/05), a Casa de Formação Nossa Senhora Da Guia teve a imensa alegria com a visita do nosso bispo diocesano, D. Eraldo Bispo da Silva. Agradecemos a Deus pela presença paterna e pelo estímulo vocacional, propiciado pelas exortações do nosso pastor diocesano, pela convivência salutar, pelas alusões sobre a 52ª Assembleia Geral da CNBB, em Aparecida-SP e pela confraternização jubilosa realizada conosco, no último sábado.

Na programação deste fim de semana, D. Eraldo presidiu a Santa Missa, no sábado, dia 10/05, às 17h (tarde), na Casa de Formação e neste domingo, dia 11/05, às 08h30 (manhã), na Capela Santa Cecília e às 19h30 (noite), presidiu a Santa Eucaristia, concelebrada pelo Pe. Paulo Jackson, na Paróquia Senhor Bom Jesus do Horto.

O bispo na homilia da Missa, à noite, aludiu sobre a importância de reconhecermos a voz do “Bom Pastor”, pois a sociedade e o mundo contemporâneo oferecem outras vozes que não conduzem à vida. Também destacou o valor especial do pastoreio das mães, que muitas vezes, não são bem compreendidas pelos filhos, desta geração atual. Mas as mesmas devem ser firmes no aconselhamento e na transmissão de valores. “O amor de mãe é incondicional, semelhante ao amor de Deus, conosco”, destacou D. Eraldo.

Concluindo, o bispo mencionou D. Walmor, arcebispo de Belo Horizonte e seus bispos auxiliares, agradecendo pela receptividade fraterna a todos nós, “diocesanos de Patos”, aqui nesta arquidiocese. Ele agradeceu, em especial, aos paroquianos pelo acolhimento, pelas orações e apoio vocacional aos seminaristas. Também dirigiu seu agradecimento ao Pe. Paulo Jackson, pelo zelo e acompanhamento, na formação.

Sendo assim, celebramos jubilosamente estes momentos, com o bispo da nossa diocese. Que providência maravilhosa, neste domingo, o Dia Mundial de Oração pelas Vocações e o Domingo do Bom Pastor. “Eu sou o bom pastor, diz o Senhor; eu conheço minhas ovelhas e elas me conhecem a mim” (Jo 10, 14).    Conclamamos as copiosas bênçãos de Deus, sobre nós, com a intercessão materna, da nossa padroeira diocesana, Nossa Senhora Da Guia! A todos vós, nossos irmãos e irmãs, da Diocese de Patos, um fraterno abraço e contamos com vossas orações.

Lucivaldo Canuto – Seminarista da Diocese de Patos (2º Ano de Teologia)

Comentários fechados.