Festa da Mãe Rainha na Paróquia de N. Sra. do Livramento-PB

Celebração de Missa marca abertura da Festa de Mãe Rainha

 A comunidade de  N. Sra do Livramento, celebra com muita alegria e fé, a Festa da Mãe Rainha, com procissão e a Santa Missa às 19h, presidida pelo Padre Jerinaldo, na Matriz de Livramento e participada por uma multidão de devotos e devotas da Mãe Rainha.

A devoção à santa é muito grande. A imagem de Nossa Senhora é peregrina e visita a cada dia uma família. “São centenas delas, a devoção faz parte de todas as paróquias da cidade. E todos são convidados a participar”, destaca a coordenadora do movimento na paróquia.

Segundo a secretária da paróquia, Eduardo Silva, essa será mais uma edição da festa. Os festejos movimentam não apenas as pastorais e movimentos da igreja, mas toda a população e comunidades paroquiais.

Mãe Rainha: O Movimento no Mundo

O Movimento de Schoenstatt surgiu na Alemanha em 18 de outubro de 1914, no bairro de Schoenstatt, em Vallendar, na capela de São Miguel.

Padre José Kentenich proferiu palestra a um grupo de jovens onde revelou uma “secreta idéia” de convidar Nossa Senhora a se estabelecer naquela capela.

Pediram que Ela se estabelecesse e dali distribuísse graças, mas também se comprometeram a colaborar com Ela na missão de renovar o mundo.
Foi ali selado um compromisso mútuo, que mais tarde recebeu o nome de Aliança de Amor. Deste início tão modesto, surgiu o Santuário de Schoenstatt, onde Maria é venerada com o título de Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

Hoje existem mais de 120 santuários espalhados por todo o mundo. Padre José Kentenich é considerado o fundador do Movimento.

Pascom Paroquial

Comentários fechados.