Santo Livro, Livro Santo!

Caros internautas, saudações em Cristo Jesus!

 

Inicio pedindo perdão pelo trocadilho do tema deste artigo apenas desejo dar ênfase ao mês dedicado ao Santo Livro, a Bíblia, palavra de Deus que viveremos durante  todo o mês de setembro.

 

Por isso e só por isso me atrevo a usar esta artimanha linguística para convidar a todos a fitarmos  nossos olhares e nossa atenção para este Livro Santo,que nos ilumina e orienta em nossa caminhada de Fé.

 

Seria impossível entendermos ou buscarmos entender o cristianismo sem nos reportarmos a Bíblia como fonte inequívoca da comunicação de Deus para com seu povo, pois, a palavra de Deus é por ele mesmo inspirada.

 

Se os nobres internautas prestaram bem atenção fiz questão de usar o verbo “ser” na forma presente afirmando que a Bíblia “é” inspirada, sim isso mesmo a Bíblia está sempre em construção,em processo de acolhida, de conhecimento, de vivência.

 

Etimologicamente falando o termo “Bíblia” significa coleção de livros portanto nunca  é demais lembrar que nela encontramos diversos livros agrupados em dois grandes volumes que chamamos de Antigo e Novo Testamentos expressão da graça divina, lâmpada para iluminar os nossos passos.

 

Neste mês dedicado à palavra de Deus a Igreja deseja inflamar nos corações dos que crêem no Cristo o gosto pela leitura,o zelo e o compromisso de transformar a Bíblia no seu  livro de cabeceira ou melhor que cada cristão entenda que somente pela palavra é que seremos verdadeiramente evangelizados, santificados, salvos.

 

Contudo quero dar uma dica e um puxão de orelha aos cristãos: vivamos a Bíblia como instrumento de salvação não a instrumentalizemos nem a usemos como amuleto ou enfeite de nossas estantes.

 

Às vezes fico admirado como temos boas práticas devocionais com a Eucaristia,sublime sacramento entretanto esquecemos de dar à Palavra de Deus a merecida e inegável reverência tanto uma quanto a outra são alimentos salutares de nossa alma.

 

Desde as pequenas capelas até mesmo as majestosas catedrais é frequente encontrarmos durante o mês da Bíblia  altares, arranjos, fitas, velas e  tantos outros enfeites ladeando o Santo Livro, belas expressões de nossa Fé mas que deveriam acontecer não somente durante este mês mas eternamente dando enfoque a sua grandeza.

 

Concluo lembrando um antigo refrão do canto de entrada da missa temática sobre a Bíblia: “ A Bíblia é a palavra de Deus semeada no meio do povo, que cresceu, cresceu e nos transformou ensinando-nos viver um mundo novo!”

 

Amém e até o nosso próximo encontro!

 

Carlos Silva

Comentários fechados.