Silêncio e reflexão marcaram a Celebração da Paixão do Senhor em Santa Luzia

Os fiéis da Paróquia Santa Luzia se reuniram na Igreja Matriz, na tarde desta sexta feira, 25 de março, para cerimônia da Paixão de Jesus Cristo.

A celebração foi presidida pelo padre Elias Ramalho, administrador Paroquial, e foi dividida em três momentos. No primeiro, ocorreu a liturgia da palavra com destaque para o Evangelho que narrou a prisão, condenação e morte de Jesus Cristo.

Ao final de sua reflexão, pe. Elias lembrou aos fieis que depois de Jesus a cruz não significou mais a morte, não significou mais a condenação. “Se no dia de hoje usamos preto não é por casa de Jesus, mas pelo nosso pecado. Jesus venceu a morte e isso nos traz alegria. Alegria esta que explodirá amanhã na Vigília Pascal” frisou o padre.

O segundo momento foi o da adoração da Santa Cruz. Pe. Elias caminhou pelos dois pavimentos da Igreja Matriz expondo Jesus Crucificado para destacar o sentimento de esperança da vitória da vida sob a morte. No terceiro momento da celebração ocorreu a oração universal pela Igreja, pela unidade dos cristãos. Seguiu-se com o rito da comunhão.

Após a comunhão, houve a procissão que conduziu a imagem do Senhor Morto pelas ruas do centro da cidade. A procissão retornou para Igreja Matriz onde o padre Elias deu bênção final. As portas da Matriz foram fechadas e passarão todo o sábado assim até a Vigília Pascal que ocorre às 19h.

Pascom Paroquial

 

Comentários fechados.