Diocese de Patos realizou Celebração de Corpus Christi

Corpus Christi é uma solenidade religiosa cristã que celebra a instituição da eucaristia, um sacramento católico em que os fiéis recebem uma pequena partícula e a consomem, acreditando ser o próprio corpo de Jesus.

O Dia de Corpus Christi, comemorado este ano no dia 16 de junho de 2022, é uma data comemorativa móvel, mas sempre celebrada numa quinta-feira.

Sua ocorrência dá-se anualmente 60 dias depois do domingo de Páscoa e na primeira quinta após o Domingo da Santíssima Trindade.

Essa data lembra o ato, registrado na Bíblia, realizado por Jesus na Quinta-Feira Santa, véspera da sua morte, quando ceou com os seus discípulos, e ao partir o pão e partilhar o vinho, disse: “Tomai e comei, isto é o meu corpo. Tomai e bebei, isto é o meu sangue.”.

Essa ocasião histórica é considerada aquela em que o sacramento da eucaristia foi instituído. Por isso, nas missas, os padres reproduzem a partilha do pão e do vinho no altar, dizendo as mesmas palavras ditas por Jesus.

Nesse momento, as hóstias – partículas de farinha -, bem como o vinho utilizados na missa, tornam -se respectivamente o corpo e o sangue de Jesus, a eucaristia, o que na Teologia é chamado de transubstanciação.

Em 2022, a Diocese de Patos celebrou  essa data com muita piedade, devoção, missionariedade e espírito solidário , após vivenciar dois anos intensos de isolamento social. A celebração foi realizada nas 40 paróquias da Diocese.

Na Forania das Espinharas, a solene Celebração do Corpo e Sangue de Cristo aconteceu às 17h na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Fátima, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Eraldo e Concelebrada pelos Padres das Paróquias da cidade de Patos  com a presença de grande número de fiéis na parte interna e externa da Igreja.

Em sua homilia, Dom Eraldo destacou que a Solenidade de Corpus Christi tem um sentido novo e especial  – Jesus se entrega de forma extremada à humanidade. Os efeitos do seu gesto de amor por nós nos convoca a assumir o que celebramos e forma nossa conduta cristã… Jesus realiza tudo de forma Pedagógica. Ele nos provoca e nos desafia, assim como provocou aos discípulos a partilha o pouco que se tem.

O milagre acontece onde há partilha e solidariedade. Na partilha, nunca falta e sempre sobra, disse o pastor diocesano.

Após os ritos finais da celebração, o Santíssimo foi preparado para sair em procissão.

A procissão com o Santíssimo é a expressão pública de nossa fé em Cristo. Ele percorreu as principais ruas de nossa cidade em direção a Catedral de Nossa Senhora Da Guia.

No trajeto foram realizadas duas paradas: uma em frente ao Hospital Regional Jandhuí Carneiro, lembrando os profissionais de saúde, as vítimas da covid-19 e outras doenças e suas famílias. A segunda parada foi realizada no Centro Universitário UNIFIP, lembrando a Campanha da Fraternidade – Fraternidade e Educação, rezando por todos aqueles que como mestres falam com sabedoria e ensinam com amor.

Finalmente a última parada foi realizada na Catedral de Nossa Senhora Da Guia, onde foi realizada a Bênção Solene do Santíssimo Sacramento.

Pascom Diocesana

.

Comente