Escola de Catequese da CNBB NE2 completa 10 Anos e ultrapassa a marca de 2 mil Agentes Pastorais capacitados

Comemorando 10 anos de fundação, a Escola Regional de Formação de Catequistas da CNBB Nordeste 2  – Irmã Igara Lemos Gibson (Ir. Visitatio) recebeu a primeira turma de 2023, ultrapassando a marca de 2 mil agentes beneficiados pela iniciativa. Ao todo, 154 pessoas oriundas de Alagoas, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte participaram da etapa presencial do curso entre os dias 12 e 15, no Convento Ipuarana, em Lagoa Seca (PB).

A cerimônia de conclusão dessa etapa contou com a presença do assessor nacional da Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, padre Jânison de Sá. O sacerdote foi acolhido pelo bispo de Garanhuns (PE) e presidente da CNBB Nordeste 2, dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa, e pelo bispo de Mossoró (RN) e presidente da Comissão Regional para a Animação Bíblico-Catequética, dom Mariano Manzana.

A Escola Regional de Formação de Catequistas da CNBB Nordeste 2  – Irmã Igara Lemos Gibson (Ir. Visitatio) tem o objetivo de formar catequistas e coordenadores formadores de catequistas, tendo em vista o processo catecumenal.

“Nestes dez anos de existência, podemos dizer também que a escola estende seus raios luminosos por todo regional, promovendo, além da formação, a interação entre as dioceses, partilha de experiências e de materiais produzidos por cada uma”, afirmaram os coordenadores diocesanos de Catequese de Mossoró, Marcos Aurélio e Miraci Martins.

Formação permanente

Os catequistas tiveram a oportunidade de iniciar a capacitação pelo Módulo Querigma: eixo bíblico-catequético. Nessa etapa, os alunos tiveram aulas de Introdução à Sagrada Escritura; Caminhos de Interpretação da Palavra; Jesus Cristo: Cartas Paulinas; e Escritos Joaninos. O conteúdo foi ministrado pelos padres Elison Silva, da Arquidiocese de Maceió (AL), e Jorge Rodrigues, da Diocese de Campina Grande (PB).

Ao todo, o curso de formação de catequistas da CNBB NE2 é dividido em quatro módulos que somam 120 horas/aula. Além de dois encontros presenciais por ano, sempre em janeiro e julho, os alunos devem realizar atividades de pesquisa e aprofundamento em suas dioceses ou arquidioceses totalizando uma carga horária de 150 horas/aula.

Escolas diocesanas de catequese

Enquanto os alunos participavam da Escola Regional de Formação de Catequistas da CNBB Nordeste 2  – Irmã Igara Lemos Gibson (Ir. Visitatio), a Comissão Regional para a Animação Bíblico-Catequética realizava a Assembleia anual. No encontro, os representantes das dioceses e arquidioceses da CNBB NE2 apresentaram um balanço da pastoral em seus respectivos territórios.

Durante a assembleia também foram apresentadas as atividades que cada Igreja local está realizando para concretizar as escolas diocesanas de catequese. Os representantes das dioceses e arquidioceses ainda partilharam sobre o Rito de Instituição do Ministério dos Catequistas e como vivenciá-lo de maneira sinodal.

Fonte: cnbbne2.org.br

.

Comente