Oficio da Agonia, celebração da Morte de Jesus

OFICIO DA AGONIA – LAMENTAÇÕES DO SENHOR NA PARÓQUIA DE LIVRAMENTO-PB.

O Ofício de Trevas é um conjunto de leituras, lamentações, salmos e preces penitenciais, onde o templo fica às escuras, iluminado apenas por velas que se apagam aos poucos durante a cerimônia. Esta forma de celebrar é responsável pelo nome dado ao ritual, que representa o luto e a escuridão à qual ficou sujeita a Terra diante da morte de Jesus. O Ofício de Trevas é um forte momento de oração e reflexão da vida e missão de Cristo, que conduz os fiéis à oração mediante a meditação da Palavra de Deus. Lembra as sete últimas palavras de Jesus, no Calvário, antes de sua morte:

1-“Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem…”,

2-“Em verdade te digo: hoje estarás comigo no Paraíso”,

3-“Mulher, eis aí o teu filho… Eis aí a tua Mãe”,

4-“Tenho Sede!”,

5-“Meus Deus, meus Deus, por que me abandonaste?”,

6-“Tudo está consumado!”,

7-“Pai, em tuas mãos entrego o meu Espírito!”.

Sexta-feira Santa da Paixão do Senhor A comunidade deve estar reunida para acompanhar as 12 (doze) badaladas do sino anunciando a chegada do meio-dia. Após cada badalada um silêncio, para que cada um no coração diga o nome de Jesus. Coloca-se uma cruz e uma imagem de Nossa Senhora das Dores e 07 (sete) velas lembrando as sete palavras de Jesus na cruz.

A Celebração da Paixão do Senhor
Às 16h aconteceu a celebração da Paixão do Senhor, fazendo memória à hora em que Jesus morreu na Cruz.
A Celebração da Paixão do Senhor aconteceu em quatro momentos diferentes: Liturgia da Palavra, Oração Universal, Adoração da Cruz e Sagrada Comunhão. Os bispos, os padres e os diáconos se revestiram de paramentos vermelhos para lembrar o sangue derramado por Jesus em seu martírio.

A Procissão do Senhor Morto
Terminada a Celebração da Paixão do Senhor aconteceu a Procissão do Senhor Morto e de Nossa Senhora das Dores, onde centenas de fiéis percorreram várias ruas do Centro com as imagens, em um momento penitencial de fé e de memória da Paixão. Muitos católicos aproveitaram o momento para pagar promessas e expressar sua devoção e respeito a este dia.

Com a chegada da procissão na Matriz, as imagens foram introduzidas na Igreja, para o beijo do Senhor Morto.

Pascom Paroquial

Comentários fechados.