Paróquia São Sebastião divulga programação da Festa 2016

A cidade de Catingueira foi consagrada a São Sebastião, depois, que, pela sua gloriosa intercessão a Nosso Senhor Jesus Cristo, este povo foi livrado de uma peste (Cólera), que já estava nas proximidades da nossa região.

A festa de São Sebastião acontece desde o dia 1º até o dia 20 de janeiro. Sendo que do primeiro ao nono dia, as Celebrações são realizadas nas comunidades da paróquia: Emas – PB Cacimbas, Serra Branca, Vila Itajubatiba (Mina do ouro), Barrento, Pereiros, Torrões, Curtume, Condado e Pedro Velho. Sendo que no dia 1º é celebrada na Comunidade Santa Teresinha do Menino Jesus (Emas), já é tradicional uma carreata que sai da Praça da Matriz em Catingueira para Emas onde é celebrada a primeira missa da visita da Imagem Peregrina de São Sebastião às Comunidades. No dia 10 abre-se oficialmente a Festa de São Sebastião, com o hasteamento das bandeiras da Paróquia e do Município às 5 horas da manhã, onde também acontece a primeira alvorada da festa, (fogos, toque da banda Cabaçal e dobrados pelo som), à tarde uma procissão que tem como ponto de concentração a Rua do Olho D’água, e percorre as principais ruas da cidade até chegar ao pátio da Matriz onde acontece o hasteamento do mastro e da bandeira de São Sebastião logo após Celebração de Abertura da Festa seguida de Quermesse com música AO VIVO. Do dia 11 ao dia 19 são celebradas novenas em honra ao Mártir Sebastião às 19 horas. Batizados no dia 16 às 10 horas e no dia 17 às 10 horas e 30 minutos.

Dia 20, uma Missa Solene é celebrada às 10 horas na Matriz, após esta Missa as bandeiras da cidade e da paróquia são descerradas. Às 16 horas e 30 minutos, uma procissão inicia a cerimônia de encerramento da festa fazendo quase que o mesmo percurso que a procissão da abertura, só que, esta parte da Igreja Matriz, e volta a mesma, onde é celebrada mais uma Missa Solene à São Sebastião. Após a Missa é encerrada a festa com o descerramento do Mastro e da Bandeira do Glorioso Mártir.

Dentre as tradições da Festa, destacam-se: Queima de Fogos de Artifício, soldadinhos de São Sebastião (em imitação ao mártir, que por sua vez, foi soldado do império romano), as grandiosas quermesses, bingos e leilões de galinhas (“penosas de São Sebastião”) (Parte Social todas as noites de 10 à 20 de janeiro), a transladação do mastro (no qual se ergue a bandeira do santo), as alvoradas às 5 da manhã (fogos e toque da banda Cabaçal e dobrados pelo som) e o ritual se repete ao meio dia e às 17 horas.

No ano de 2014 a Festa de São Sebastião foi segunda maior da Diocese de Patos; Bispado à qual pertence, e até mesmo que é uma das maiores do estado da Paraíba. Os filhos ausentes da cidade que moram em várias localidades do Brasil ou até mesmo no exterior, como EUA, Itália, Suíça e Portugal, se fazem presentes e participam muito ativamente desta festa tão cativante.

A cada ano, a festa de São Sebastião, torna-se mais orante, mais festiva, mais participada.

Viva São Sebastião!

João Luis Gomes Fausto – Pascom Paroquial

Comentários fechados.