Semana Missionária em Piancó

PREPARAÇÃO:

A Semana Missionária na Paróquia de Santo Antônio em Piancó, foi realizada de forma dinâmica, conforme o planejado. No sábado (13), houve uma espiritualidade presidida pelo Padre Francisco das Chagas com todos os missionários que iriam servir durante a Semana de Missão.

 ABERTURA:

Iniciando oficialmente a Semana Missionária, foi celebrada a Santa Missa no domingo (14), com a presença de todos os missionários e jovens participando da celebração reunidos em torno da Palavra durante a Proclamação do Evangelho, entrada jovens com as oferendas, seguida da procissão com representantes das nove Áreas de Missão com seus respectivos estandartes, todos reunidos em torno do altar no final da missa receberam as sementes de girassol a serem entregues durante as visitas, juntamente com a água benta para aspersão das casas, quites com produtos curativos da medicina simbolizando cura espiritual que levariam aos necessitados.

VISITAS ÀS FAMÍLIAS E ESCOLAS:

 De segunda à sexta feira, os missionários realizaram visitas às famílias, levando a Palavra de Deus e constatando situações diversas causadas pelos problemas enfrentados pelo nosso povo.

Enquanto isso, o Setor Jovem da Paróquia, juntamente com o EJC, visitavam as escolas da cidade realizando encontros recheados de oração, estudo e reflexão de temas diversos, cantos, animação, dinâmicas, slides, etc., levando os jovens a repensarem nos verdadeiros valores e princípios da vida.

MISSA E CONFISSÃO:

Enquanto eram realizadas as visitas às famílias e às escolas, durante a semana, o Pe. Francisco ficava no setor de visitas, a disposição dos fiéis atendendo confissões, ungindo enfermos, enfim, no apoio espiritual ao povo de Deus. A noite era realizada a Santa Missa no referido setor visitado, como coroação de todo trabalho realizado durante o dia.

CAMINHADA DA PAZ:

Na quarta feira (17), foi realizada a “Caminhada da Paz”, saindo da Escola Beatriz Loureiro, passando pelas Escolas Santo Antônio, Ademar Leite e Maria Nazaré Remígio, com uma oração, uma parada em frente a cada Escola para uma leitura e breve reflexão da Palavra de Deus pelos jovens, seguida de oração e Bênção do recinto feito pelo Pe. Francisco, que se misturava em meio à multidão formada na sua maioria por jovens de todos os seguimentos sociais de Piancó, seguiam o carro de som num clima de muita alegria e entusiasmo com seus balões erguidos, cartazes, cantando, louvando e aplaudindo a Jesus Cristo até a Igreja Matriz onde foi realizada a Bênção do Santíssimo Sacramento, encerrando num clima de muita unção e presença do Deus vivo à caminhada.

 VIA SACRA:

Foi outro momento marcante vivido durante a Semana Missionária. Realizada na sexta feira (19), a Via Sacra partiu da Sede das Pastorais Sociais, após a oração de abertura feita pelo Padre Francisco que reuniu um significativo número de fiéis, tendo sido coordenada pelos jovens, com o uso do carro de som em cada estação, que percorreu todos os órgãos de saúde municipal e estadual do município, (Os Caps, Hospitais, Secretaria Municipal de Saúde, 7º Núcleo Regional de Saúde, Alas Psiquiatras, Consórcio de Saúde, Laboratório, etc.), perfazendo um longo percurso, onde o padre sempre questionava o problema da saúde pública enfrentada pelo país. A Via Sacra foi encerrada na Igreja Matriz com a 15ª Estação.

VIGÍLIA DE ADORAÇÃO:

No sábado (20), foi realizada a Vigília de adoração na Capela do Santíssimo na Igreja de Santo Antônio, no horário das 20 às 22h, com a participação de muitos jovens e missionários.

ENCERRAMENTO FESTIVO:

Conforme o previsto, o encerramento se deu no domingo (21), com a Santa Missa às 19h, e a participação de muitos jovens das nove Áreas Missionárias da Paróquia, momento em que o Padre agradeceu pelo empenho no trabalho realizado e pediu as bênçãos de Deus para todos. Logo após a missa, todos seguiram para o Centro Pastoral onde participaram de uma confraternização com a “Dança da Quadrilha Junina”, denominada de “João Pedro dos Missionários”, que degustaram muitas comidas típicas e se divertiram pra valer.

Texto: Maria Leite

Comentários fechados.